UNIVERSO CMDV

As bebidas com gás fazem mal aos dentes?

As bebidas gaseificadas são bebidas que têm dióxido de carbono adicionado sobre pressão para dar o efeito gaseificado. As mais comuns são os refrigerantes, que são cada vez mais consumidos em excesso pelas camadas mais jovens.

Sabe-se que o dióxido de carbono altera o pH das bebidas, tornando-as ligeiramente ácidas. Tal facto, juntamente com a grande adição de açúcares que estas bebidas normalmente apresentam, provocam alterações a nível da estrutura dentária. E é aqui que reside o grande problema destas bebidas, ora vejamos:

 

  • As bebidas têm um pH mais acídico, pelo que se consumidas frequentemente vão provocar uma erosão da camada mais superficial dos dentes (esmalte dentário) e conferir um aspeto mais baço, amarelado e envelhecido aos dentes;
  • Sabe-se que o pH da boca vai diminuído de forma proporcional ao tempo que a bebida permanece na boca, ou seja, quanto maior o consumo, maior a descida do pH da boca e maiores os danos provocados no esmalte dentário;
  • A erosão da camada mais superficial dos dentes expõe um tecido mais “sensível” (dentina), podendo assim haver um aumento da hipersensibilidade dentária e provocar desconforto / dor;
  • A exposição contínua da dentina aos açúcares que estas bebidas contêm vai facilitar o aparecimento de cárie dentária.

 

Assim, o consumo destas bebidas acaba por provocar danos irreversíveis nos seus dentes e comprometer a sua saúde oral. Estas bebidas não acrescentam qualquer valor nutricional à sua dieta, não promovem hidratação e são extremamente ricas em calorias, tendo mais desvantagens no seu consumo do que o contrário.

Se consome bebidas gaseificadas diariamente, está na altura de repensar os seus hábitos alimentares. Prefira antes o consumo de água mineral, a sua saúde e os seus dentes agradecem. Pense na sua saúde!

Drª. Inês Martins
Médica Dentista
2019-07-05